terça-feira, 2 de junho de 2009

Coisas que o dinheiro não compra

Vivam.
Amanhã vou fazer uma das coisas de que mais gosto. Ver mais uns quantos olhinhos a luzir com um brilho mais intenso do que o da estrelinha curiosa. Ela que me perdoe, não a quero ofender... mas quem também conta histórias, sabe do que me refiro.
De facto, quase todas as coisas realmente importantes, sem ser as necessidades consideradas básicas para a sobrevivência, não se compram.

3 comentários:

aurea disse...

Correu-te bem!...Essa "coisa que o dinheiro não compra?" Tenho a certeza que sim. Como eu digo sempre...Quando gostamos muito, muito do nosso trabalho, raramente corre mal.Os meninos são sempre os nossos melhores "avaliadores" porque são sinceros na critica, amorosos e lindos!...bjo

Leonor Lourenço disse...

E apesar de nos amarem e evitar magoar-nos são extremamente verdadeiros! Correu muito bem. Amanhã coloco fotos dos trabalhos que eles fizeram. Lindos! Beijinho Áurea e obrigada por escreveres no meu blog.
É tão bom receber feed-back das pessoas. Mas a vida é uma correria mesmo!

O meu olhar disse...

:) é bem verdade! Acho que os bens mais essenciais não são os que se compram com dinheiro. O sorriso das nossas crianças,os abraços bem apertados, o "gosto de ti professora", o "estás tão linda professora" acho que são bens fantásticos que devemos apreciar e valorizar como uma pedra preciosa.
beijinhos